Domingo, 22 de Maio de 2022
°

-

Anúncio
Página São José do Rio Preto

São José do Rio Preto 

Localizada na Zona Noroeste Paulista, São José do Rio Preto é uma cidade que, a partir de 2021 passou a ser Região Metropolitana de 37 municípios em São Paulo.

Com o Produto Interno Bruto (PIB) anual de 32 bilhões, Rio Preto ocupa a 56ª posição no ranking de municípios com maior PIB do Brasil. 

Diferente do que muitos rio-pretenses imaginam, a agricultura é o setor que menos movimenta a economia local. Sendo superada pelo setor industrial e terciário (prestação de serviços), este último é a maior fonte de renda da população.

De acordo com um levantamento realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRACA), dos 431,944 km quadrados de extensão da cidade, 169,415 km quadrados são urbanos. Este número coloca São José do Rio Preto na sétima colocação no ranking de maior cidade com área urbana no estado de São Paulo.

Embora seja uma cidade considerada grande, Rio Preto só possui três distritos, sendo sede, Engenheiro Shimitt e Cedral.

História 

São José do Rio Preto foi descoberta em 1840. Os primeiros registros são de que na cidade não havia nada além de mata virgem. Historiadores contam que foram pessoas provenientes de Minas Gerais que pisaram pela primeira vez na então quente cidade.

Cinco anos depois Luiz Antônio da Silveira, também mineiro trouxe pessoas negras que eram escravizadas e cargueiros para Rio Preto e juntamente com seu irmão Antônio Carvalho e Silva e amigo Vicente Ferreira Netto vieram desbravando as matas partindo de bebedouro do Turvo até Rio Preto.

Luiz Antônio da Silveira era a pessoa que mais possuía terras em Rio Preto, ele desenvolvia atividades agrícolas, e sustentava a criação de gados.

Não demorou muito para que Rio Preto se tornasse uma vila. Em1852, percebendo o crescimento do local, o mineiro decidiu doar parte de suas terras para o seu santo de devoção, São José.

No mesmo ano o município foi fundado por João Bernardino de Seixas Ribeiro que logo tratou de criar uma capela para o santo. Em 1879 a vila se tornou distrito da cidade de Jaboticabal, e recebeu o nome do rio que passa pela cidade e do santo, sendo então São José do Rio Preto.

Com o crescimento e o decreto de lei n° 294, de 19 de julho de 1894, São José do Rio Preto emancipou de Jaboticabal.

Mais tarde, em 1912, com a chegada da ferrovia, Rio Preto se tornou uma cidade importante para o comércio, se consolidando como um pólo neste sentido. E deste então a cidade não parou de crescer e se destacar não apenas no cenário econômico como no cultural.

Fatos importantes que aconteceram em São José do Rio Preto 

Descoberta – 1840
Doação de terras – 1845
Fundação da Vila – 1845
A Vila se tornou distrito de Jaboticabal e recebeu o nome de São José do Rio Preto – 1879
Emancipação – 1894
Chegada da malha ferroviária – 1912
Instalação de luz elétrica – 1913
Construção da primeira escola – 1919
Inauguração da usina hidroelétrica em Marimbondo - 1928
Criação da Basílica Nossa Senhora Aparecida – 1933
Criação da Biblioteca Municipal – 1943
Hospital de base – 1953
Inauguração da Represa Municipal – 1955
Criação da Catedral de São José, Sede da Diocese de São José do Rio Preto – 1973
Inauguração da cadeia Pública – 1976
Começa a funcionar a Zona Azul – 1977
Inauguração do Calçadão - 1980
Criação da Microrregião de São José do Rio Preto – 1989
Inauguração do Cemitério Jardim da paz – 1990
Sesc chega em Rio Preto - 1982
Inauguração do Teatro Municipal Humberto Sinibaldi Neto – 1973
Inauguração do Teatro Municipal Nelson Castro – 1969
Casa de Cultura Dinorath do Valle – 1968
Inauguração do Centro Cultural Professor Daud Jorge Simão – 1980
Inauguração do Complexo Sift de Educação e Cultura – 1942
Extinção das Microrregiões no Brasil – 2017
Rio Preto se tornou Região Geográfica Imediata de São José do Rio Preto – 2017
Rio Preto se torna Região metropolitana – 24 de agosto de 2021

As 35 cidades que fazem parte da região Metropolitana de São José do Rio Preto e o número de habitantes 

Adolfo – 3.554
Bady Bassitt – 17.771
Bálsamo – 9.139
Cedral – 9.346
Guapiaçu – 21.775 
Ibirá – 12.518
Icém – 8.304
Ipiguá – 5.476
Irapuã – 8.048
Jaci – 7.196
José Bonifácio – 37.366
Macaubal – 8.147
Mendonça – 8.565
Mirassol – 60.303
Mirassolândia – 4.919
Monte Aprazível – 25.373
Neves Paulista – 8.923
Nipoã – 5.298
Nova Aliança – 7.068
Nova Granada – 21.689
Onda Verde – 4.422
Orindiúva - 7.194
Palestina – 13.123
Paulo de Faria – 8.959
Planalto – 5.304
Poloni – 6.113
Potirendaba – 17.516
Sales – 6.407
São José do Rio Preto – 464.983
Tanabi – 26.101
Ubarana – 6.400
Uchoa – 10.151
União Paulista – 1.865
Urupês – 13.888
Zacarias – 2752

Cultura 

São José do Rio Preto é uma cidade que conserva a cultura caipira raiz, por isso tem como principal música a música sertaneja, entretanto há na cidade um movimento de música popular brasileira (MPB), rock nacional e até mesmo de música instrumental (jazz).

Embora pareça controverso, o principal nome da música de Rio Preto é Paulo Moura, um músico, saxofonista e flautista que se destacou no meio musical brasileiro acompanhando artistas como Elis Regina e fez parte da Filarmônica de Berlim, sob a regência de Zubin Mehta.

Recentemente a dupla Zé Neto e Cristiano, também de Rio Preto fizeram e continuam fazendo história na música sertaneja. Assim como Mato Grosso e Mathias.

Um outro segmento cultural da cidade que ganhou voz e peso ao longo dos anos, foi o cênico, através do Festival Internacional de Teatro (FIT), que já soma 52 anos de história na cidade.

A cultura afro também vem de um crescente no município, assim como a cultura LGBTQIA+.

A Noite 

Com um clima quente e diversas opções para o passeio noturno que vão desde shoppings até restaurantes, é quase impossível permanecer em casa nas últimas horas do dia.

Em Rio Preto há um leque de opções no que tange ao lazer muito grande. Além de shows e espetáculos nos teatros, a cidade conta com uma vasta gastronomia, além dos frequentes festivais de cervejas artesanais.
Sendo assim, a noite rio-pretense pode ser atrativa para todos os gostos e idades. 

Lugares para passear de dia gratuitamente  

Zoológico Municipal (Bosque)
Cidade da Criança
Planetário
Horto Florestal
Represa Municipal

Mercado Municipal (Mercadão)

Inaugurado em 1744, o Mercado Municipal é um prédio que faz parte da história e cultura do povo rio-pretense.

É um lugar ideal para quem procura ervas, grãos, queijos raros, artesanatos  e as melhores pastelarias de Rio Preto.

Centro Cultural Vasco 

O Centro Cultural Vasco, atua diretamente no incentivo à produção cultural, e à oferta de oficinas culturais de capacitação nas áreas de educomunicação, audiovisual, teatro, artes plásticas, danças, circo, música e tradições regionais.

Localizado no coração da cidade, bairro Boa Vista, o Vasco promove esporadicamente feiras para a venda de produtos orgânicos e exposição artesanal.

Conheça o Rio Preto!

- Atualizado às 21h00 - Fonte: ClimaTempo
°

Mín. ° Máx. °

Seg °C °C
Ter °C °C
Qua °C °C
Qui °C °C
Sex °C °C
Anúncio
Anúncio
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio
Anúncio
Enquete
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias