16°C 19°C
São Paulo, SP
Publicidade

Representantes de partidos se reúnem para discutir a presença de mulheres negras na política

Evento discute representatividade étnico-racial na política

23/04/2024 às 14h54 Atualizada em 23/04/2024 às 15h23
Por: Redação Fonte: Bianca Zaniratto/Secretaria de Comunicação
Compartilhe:
Representantes de partidos se reúnem para discutir a presença de mulheres negras na política. Foto: reprodução/Canva
Representantes de partidos se reúnem para discutir a presença de mulheres negras na política. Foto: reprodução/Canva

Mulheres, representantes das siglas Solidariedade, PSDB, PT, Republicanos, PL, PRD, Avante, PDT, Rede Sustentabilidade, PCdoB, Novo e PSOL, irão se reunir nesta quarta-feira,24, às 19h, no Ibilce/Unesp para discutir sobre a presença (ou ausência) das mulheres negras nos espaços políticos de São José do Rio Preto.

Continua após a publicidade

O evento "Desmistificando a Política: Mulheres e Representatividade Étnico-Racial" tem promoção do Conselho Municipal Afro (CMA) de São José do Rio Preto, em parceria com o Comitê de Igualdade Racial do Grupo Mulheres do Brasil – Núcleo Rio Preto e com o Ibilce/Unesp Rio Preto 

O objetivo é abrir um espaço de discussão e aprendizado em relação à participação da população negra, especialmente mulheres, na política. Além de fazer um levantamento das iniciativas que já existem nesse sentido, a ideia é alinhar ações para promover a representatividade negra e feminina nas agremiações. As palestras abordarão temas como política em geral, política partidária e dados sobre a representatividade feminina e negra nesses espaços. Mulheres que representam diretórios e comissões provisórias de partidos políticos em Rio Preto também foram convidadas a participar do evento.

“Ao analisarmos os números, começamos a refletir por que não estamos nesses espaços se as mulheres negras são maioria na população brasileira. Enquanto Conselho Municipal Afro, temos de entender e combater esses entraves nos avanços sociais, pois eu só consigo alcançar direitos se estou representada. Quando estou nesses lugares, vou me preocupar com essas pessoas”, afirma a presidente do CMA, a advogada Claudionora Elis Tobias.

Os números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) corroboram a fala da advogada. No Brasil, as mulheres negras (pretas e pardas) são 28,07% da população, configurando o maior grupo populacional. De um total aproximado de 203 milhões de habitantes, há 57 milhões de mulheres negras. Em São José do Rio Preto, esse percentual chega a 15,78% da população.

Em relação a regras sobre porcentual mínimo ou incentivo a candidaturas de pessoas pretas e pardas, há uma incerteza jurídica para as eleições municipais desse ano, diante da falta de punição a partidos que descumpriram determinações nas últimas eleições municipais, em 2020. Naquele ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou a aplicação imediata de uma decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a qual vinculava a distribuição do tempo de propaganda eleitoral gratuita e de recursos do fundo eleitoral ao número de candidatos negros.

A Coletiva Mãos Femininas levará mais de dez artesãs para expor seus trabalhos durante o evento. 

Benedita da Silva

O evento “Desmistificando a Política: Mulheres e Representatividade Étnico-Racial” acontece na segunda quinzena de abril em celebração ao aniversário de Benedita Sousa da Silva Sampaio, única mulher afro-brasileira eleita para o cargo de deputada federal constituinte, reeleita para um segundo mandato em 1990, e senadora em 1994. Ativista política do movimento negro do Brasil e feminista, Bené nasceu no Rio de Janeiro, em 26 de abril de 1942.

“A importância de termos pessoas negras nesses lugares, sobretudo mulheres negras, é fazer com que as políticas públicas alcancem essa população. E a gente só consegue fazer políticas públicas a partir do conhecimento da desigualdade. Enquanto não entendermos que não conseguimos a reparação histórica do período de 400 anos de escravização, não conseguimos avançar democraticamente”, complementa a presidente do CMA.

O Ibilce/Unesp fica na rua Cristóvão Colombo, 2.265, Jardim Nazareth, em São José do Rio Preto.

“Desmistificando a Política: Mulheres e Representatividade Étnico-Racial”

Data: 24 de abril de 2024

Horário: 19h

Local: auditório 1/Ibilce/Unesp São José do Rio Preto

Endereço: Ibilce/Unesp (Rua Cristóvão Colombo, 2265, Jardim Nazareth)

Texto: Bianca Zaniratto/Secretaria de Comunicação

Leia também: Circuito Sesc de Artes 2024 começa neste fim de semana na região do Sesc Rio Preto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Sem foto
Sobre o município
Ver notícias
São Paulo, SP
19°
Tempo nublado

Mín. 16° Máx. 19°

19° Sensação
3.13km/h Vento
80% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h48 Nascer do sol
05h29 Pôr do sol
Qua 28° 15°
Qui 25° 17°
Sex 28° 16°
Sáb 21° 14°
Dom 13° 11°
Atualizado às 10h06
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,75%
Euro
R$ 5,81 +0,44%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,23%
Bitcoin
R$ 352,145,13 +2,37%
Ibovespa
122,426,79 pts -0.17%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias