15°C 19°C
São Paulo, SP
Publicidade

Musical baseado em conto de Machado de Assis estreia hoje em São Paulo

“A Igreja do Diabo – Um Musical Imoral e Hilário”, de Guilherme Gila, estreia hoje, 27 de fevereiro, no Núcleo Experimental, em São Paulo, e os ingressos já estão à venda.

27/02/2023 às 19h20
Por: Elis Bohrer Fonte: Unicórnio Assessoria e Mídia
Compartilhe:

“A Igreja do Diabo – Um Musical Imoral e Hilário” é um espetáculo pop, inspirado no conto de Machado de Assis, no qual cansada de uma falta de organização a Diaba decide fundar sua própria igreja. A humanidade, aos poucos, adere a nova religião onde fazer atos de maldade é corajoso, e ser uma pessoa boa é a pior coisa que se pode ser. Logo, todos aprendem sobre “os sete ditados capitais” e começam a transformar o mundo em um lugar pior. No elenco estão Edyelle Brandão, Rupa Figueira, Jorge William, Samir Alves, Giovana Brandão, Olivia Lopes e Ana Carolina Batista.

Continua após a publicidade

Através da comédia e com músicas pop e pop-funk, o espetáculo conta a história do conto em três partes distintas, em um único ato. A primeira sendo a ideia da Diaba e a criação da Igreja; a segunda em um dia na Igreja do Diabo já criada; e a terceira mostrando os efeitos da Igreja a longo prazo, tanto no céu quanto no inferno. A moral é o ponto central deste musical, e as músicas do estilo pop, acompanhadas por coreografias de linguagem queer, representam a sonoridade dominada por artistas mulheres e LGBTQ+ (que ao longo da história sempre foram vistos como imorais), além de dar versatilidade à narrativa.

“A Igreja do Diabo – Um Musical Imoral e Hilário”

Estreia: 27 de fevereiro

Curta temporada

Segundas e Terças-Feiras, às 20h30

Teatro do Núcleo Experimental - R. Barra Funda, 637 - Barra Funda, São Paulo – SP

Ingressos: R$70,00 (inteira) e R$35,00 (meia)

Vendas online: No Sympla

Classificação indicativa: 14 anos

Duração: 90 minutos (sem intervalo)

Ficha Técnica

Texto, Letras e Músicas: Guilherme Gila

Direção Geral: Guilherme Gila

Preparação de Elenco: Maria Clara Haro

Direção Musical: Samir Alves

Coreografia: Gabriella Medeiros

Elenco: Edyelle Brandão, Rupa Figueira, Jorge William, Samir Alves, Giovana Brandão, Olivia Lopes e Ana Carolina Batista.

Produção Executiva: Jorge William e Eduarda Zafra

Produção: A Casa que Fala

Assistente de Produção: Lucca Capoleto

Figurinos: Grazi Bastos

Cenografia: Isis Patacho e Laís Damato

Design de Luz - Fran Barros

Identidade Visual: Dan Maschio

Apoio: Núcleo Experimental

Assessoria de Imprensa: May Calixto por Unicórnio Assessoria e Mídia

Sobre Guilherme Gila

Guilherme Gila é ator, dramaturgo, compositor, e diretor musical. É formado em Cinema pela Anhembi Morumbi, Música pelo Conservatório Musical André da Silva Gomes e pós-graduado em Música e Imagem pela Faculdade Santa Marcelina. Atualmente é pós-graduando em Canção Popular Brasileira, também pela FASM. Realizou oficinas de interpretação teatral na SP Escola de Teatro. Estudou Interpretação e Análise do Texto Teatral com Zé Henrique de Paula e fez três módulos da Oficina de Criação de Musicais com Fernanda Maia (todas através do Núcleo Experimental), além de ter se formado no Colégio Ábaco, em São Bernardo do Campo, reconhecido no meio pelo investimento em Teatro Musical (com aulas ministradas por Rogério Matias e Jeferson Ventura). Como ator participou do espetáculo "Chaves - um tributo musical" (2022, Del Claro Produções Artísticas, como Seu Barriga/Nhonho), "A Bela e a Fera" (2022, Palavra & Som Entretenimento, como Le Fou). Realizou a Direção Musical dos espetáculos "Operação Rematrícula" (21 Chump Street, 2019), "Matilda" (acadêmico, 2019), "Cruella - Um Novo Musical" (2018) e "Dom Casmurro" (leitura, 2021), sendo que nos dois últimos também atuou como compositor das canções originais.

Trabalhou como Assistente de Direção Musical nos musicais do Núcleo Experimental: “Cabaret dos Bichos” (2022, direção de Zé Henrique de Paula e direção musical de Fernanda Maia), e “Brenda Lee e o Palácio das Princesas” (direção musical de Rafael Miranda). Compôs as trilhas sonoras dos curtas “Mamãe Tem um Demônio” (2020), “Alma na Floresta” (2020), “Nunca Mais Me Vi” (2020) e “Marias - uma paisagem brasileira” (2021). Por "Dom Casmurro", foi selecionado para o primeiro Festival Paulista de Teatro Musical, organizado pelo Prêmio Bibi Ferreira. Como versionista, trabalhou nas montagens acadêmicas de Aladim (acadêmico, 2015), Cinderela (acadêmico, 2017) e Matilda (acadêmico, 2019), além do projeto "Solte a Voz" do portal Broadway Meme.

Leia também: Jair Bloch abrirá os shows do Coldplay no Estádio do Morumbi, em São Paulo

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Sobre o município
São Paulo é um município brasileiro, capital do estado homônimo e principal centro financeiro, corporativo e mercantil da América do Sul. É a cidade mais populosa do Brasil, do continente americano, da lusofonia e de todo o hemisfério sul.
Ver notícias
São Paulo, SP
21°
Tempo nublado

Mín. 15° Máx. 19°

21° Sensação
5.14km/h Vento
66% Umidade
100% (1.87mm) Chance de chuva
06h48 Nascer do sol
05h35 Pôr do sol
Sáb 15° 14°
Dom 26° 15°
Seg 24° 15°
Ter 22° 15°
Qua 23° 14°
Atualizado às 16h06
Publicidade
Publicidade
Anúncio
Economia
Dólar
R$ 5,43 -0,20%
Euro
R$ 5,93 +0,30%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 332,064,36 +0,58%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Anúncio
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias